twitter


  Roteiro e Produção

O curso “Formação em Audiodescrição: Roteiro e Produção”,
desenvolvido pela,  Museus Acessíveis em parceria
com a Fundação Dorina Nowill para Cegos, tem como objetivo formar

tem como objetivo formar profissionais para atuar e desenvolver audiodescrição em produtos culturais e de comunicação,
 resultando na inclusãocultural das pessoas com deficiência visual.


A audiodescrição garante a inclusão das pessoas com
deficiencia visual em eventos, cinema, espetáculos de teatro,
  óperas, exposições culturais e de artes. 
É um recurso que descreve o ambiente e imagens,
transformando as imagens visuais em informações verbais 
descritivas.
O curso será composto por aulas teóricas e atividades
práticas sobre as diferentes modalidades de audiodescrição
 e suas especificidades como: eventos presenciais,
 cinema, publicidade, produtos editoriais, exposições e outros.


A coordenação e aulas prático-teóricas são de responsabilidade
de Viviane Sarraf e também contamos com convidados especiais representandoo público alvo da audiodescrição e os profissionais
 que estão atuando na área.



Carga Horária: 40 horas presencial e a distância
Local: Auditório da Fundação Dorina Nowill para Cegos
Data: 02, 09, 16, 23 e 30 de Maio de 2011
Horário: 9h às 12h – Palestras e aulas teóricas.
13h às 15h – Avaliação de Trabalhos e orientações
15h às 17h – Espaço Aberto


Público Alvo: Profissionais e estudantes das áreas de
comunicação, tradução, 


Convenção e Exposição de Negócios dos Surdos
Data: 8 a 12 de junho de 2011
Local: Washington – Estados Unidos
Site: http://deafbusiness.org/
16º Congresso Mundial da Federação Mundial de Surdos
Data: 18 a 24 de julho de 2011
Local: Durban – África do Sul
Site: http://www.wfd2011.com/
8ª Conferência Internacional de História dos Surdos
Data: 24 a 29 de julho de 2012
Local: Toronto – Canadá
22º Surdolimpíadas de Verão
Data: 31 de julho a 13 de agosto de 2013
Local: Atenas – Grécia


Pessoinhas, essa experiência foi tremenda!
Estava eu em casa quando recebi o telefonema de uma amiga perguntando  o que eu iria fazer no Carnaval. Respondi que nada. Então prontamente ela disse se eu não gostaria de interpretar em um congresso. Disse que sim. Mas a parte boa ainda viria: Será em Santa Catarina!
Minhas pernas tremeram, pois seria uma responsabilidade muito grande.Mas aceitei o convite! Como poderia levar um acompanhante, levei a Renata, uma ótima intérprete da minha cidade( Suzano).
Viajamos no dia 4, sábado pela manhã e chegamos ás 23h em São Bento do Sul, onde aconteceria o congresso.
Ficamos surpresas quando descobrimos que em  Santa Catarina, o maior pólo de pesquisas em Educação Especial na área da Surdez, não tinha intérpretes.Isso mesmo há poucos intérpretes no Sul.
No Congresso Evangelístico que participamos, tinha 1.800 jovens ouvintes e  3 surdos. 
Eu e a Renata tivemos uma experiência única com Deus e com aqueles surdos.
Pois Tivemos que sair daqui, de São Paulo e nos dispor a levar as boas novas através das nossas mãos naquele lugar que foi um cenário perfeito e preparado por Deus.
Foram 3 dias maravilhosos....e o povo do sul, além de serem lindos, são acolhedores.
Saímos de lá e deixamos algumas sementes plantadas...esperamos ansiosas que possamos colher os frutos o ano que vem, pois estaremos lá novamente!
Acima, eu e a Deise!!


Naiane, eu e a Deise.


Rogério...uma bênção!!


A Re...librou muito nesse dia...risos


1800 jovens..que tudo!!!





Tecnologia do Blogger.