twitter



A Câmara dos Deputados analisa proposta que obriga as instituições de ensino públicas e privadas a utilizar a Língua Brasileira de Sinais (Libras) com todos os estudantes surdos em qualquer nívelou modalidade da educação básica. A medida está prevista no Projeto de Lei2040/11, do Senado.
Pela proposta, as escolas deverão contar com professores bilíngues, tradutores, intérpretes e profissionais de tecnologia de comunicação em Libras. Além dos alunos, também deverão ter aula de Libras seus pais e toda a comunidade escolar que conviver com esses estudantes.
As regras sobre a oferta do ensino de Libras de verão ser definidas em regulamento específico, após a aprovação da lei.Segundo o autor da proposta, senador CristovamBuarque (PDT-DF), o objetivo é facilitar a integração dos deficientes auditivosnas escolas e na sociedade.
Tramitação
O projeto, que tramita em regime de prioridade, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; Educação e Cultura; e Constituição e Justiça ed e Cidadania antes de seguir para oPlenário.
(Terra/Agência Câmara)

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.