twitter


Formação de profissionais para atuar com audiodescrição


A audiodescrição é um recurso de acessibilidade que permite que as pessoas com deficiência visual possam assistir e entender melhor filmes, peças de teatro, programas de TV, exposições, mostras, musicais, óperas e outros, ouvindo o que pode ser visto. É a arte de transformar aquilo que é visto no que é ouvido, que possibilita o melhor entendimento das pessoas com deficiência visual.

A capacitação de pessoas para atuar com este recurso será tema do curso “Formação em Audiodescrição: Roteiro e Produção”, realizado pela Fundação Dorina Nowill para Cegos em parceira com a Museus Acessíveis com o objetivo de formar profissionais para atuar e desenvolver audiodescrição em produtos culturais e de comunicação, resultando na inclusão das pessoas com deficiência visual.

Segundo a coordenadora do curso Viviane Sarraf, a função do audiodescritor é apresentar, por meio da linguagem descritiva clara e objetiva, informações que compreendemos visualmente e que não estão contidas nos diálogos, como, por exemplo, expressões faciais e corporais que comuniquem algo. O recurso também traz elementos importantes para a melhor compreensão da pessoa com deficiência visual como: ambiente, figurinos, efeitos especiais, mudanças de tempo e espaço, além da leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela.

O curso que acontecerá entre 4 e 8 de julho, das 9h as 15h, na sede da Fundação Dorina, em São Paulo, será composto por aulas teóricas e atividades práticas sobre as diferentes modalidades de audiodescrição e suas especificidades como: eventos presenciais, cinema, publicidade, produtos editoriais, exposições e outros. Os alunos terão ainda uma aula especial com a professora Eliana Franco, coordenadora do Grupo de Tradução, Mídia, Audiodescrição e Dança, da Universidade Federal da Bahia, que desenvolve pesquisas da área no Brasil. 

Em São Paulo, o recurso de audiodescrição pode ser conferido no Museu do Ipiranga, no Museu do Futebol, na Galeria Tátil de Esculturas da Pinacoteca do Estado e em algumas exposições do Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM. Nestes espaços são oferecidos áudio-guia com descrição de todas as obras e há educadores capacitados para guiar visitas educativas descritivas. A maioria das instalações também proporciona a percepção por outros sentidos como tato e olfato.
Curso: Formação em Audiodescrição: Roteiro e Produção
Data: 04 a 08 de julho
Horário: 9h às 15h 
Carga Horária: 40h
Investimento: R$ 380,00 | R$ 320,00 para estudantes e professores com comprovante.

Local: Auditório da Fundação Dorina Nowill para Cegos | Rua Doutor Diogo de Faria, nº 558, Vila Clementino – São Paulo (próximo ao Metrô Santa Cruz)
Material de apoio: apostila em arquivo digital e certificação
Inscrições pelo e-mail: viviane.sarraf@fundacaodorina.org.br     
 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.